O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi ao Senado entregar a proposta que altera as regras de aposentadoria

Metrópoles

Otávio Augusto

Ary Filgueira

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi ao Senado nesta quinta-feira (08/08/2019) entregar o texto da Reforma da Previdência, aprovado em dois turnos naquela Casa. O parlamentar fluminense afirmou que todos vão trabalhar em conjunto para aprovar as mudanças na aposentadoria.

O presidente do Senado,  Davi Alcolumbre(DEM-AP), disse que Maia ter ido à casa é “histórico”. “É um gesto simbólico, muito importante. Desde o começo da legislatura estamos acompanhando a nova Previdência”, apontou. Segundo Alcolumbre, o rito na Casa seguirá os trâmites normais. “Vou cumprir o prazo regimental de 45 dias”, destacou.

Alcolumbre indicou que a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Simone Tebet (MDB-MS), e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) — cotado para ser o relator do texto — formalizarão um cronograma para a reforma avançar na casa.

Segundo Alcolumbre, a “PEC paralela”, que incluirá estados e municípios na reforma, será discutida. “Não vamos fugir de nenhum debate. Não tenho dúvida de que a inclusão vai partir de um debate com a Câmara. Deverá ser alinhado”, avaliou.

“A reforma da previdência votada e entregue hoje no Senado Federal é a garantia que o Estado terá de dar a garantia porque equilibra suas contas e é um gesto feito pelo parlamento e ao mesmo tempo poder recepcionar bilhões de recursos para investir”, afirmou o presidente do Senado.

Maia agradeceu aos deputados e disse que a reforma diminuirá desigualdades e garantir investimentos. “Tenho convicção de que o Senado vai poder introduzir temas que a Câmara não teve num primeiro momento”, afirmou, se referindo a pontos como capitalização, sistema híbrido e a “PEC paralela”.

Ao receber o texto da reforma, o presidente Alcomlumbre faz a leitura da proposta no plenário para os senadores. No entanto, o quórum é baixo neste momento e apenas oito parlamentares acompanham a sessão.