downloadBrasília, 27 de fevereiro – Eu recebi a informação do secretário de Fazenda, Leonardo Colombini, que mais uma vez, repetindo o mês de janeiro, tivemos uma frustração de receita de R$ 50 milhões e pouco.

Em função da gravidade dessa informação, que poderia comprometer o pagamento da primeira parcela do escalonamento dos salários de servidores do mês de fevereiro, a serem pagos no quinto dia útil do mês de março, encaminharemos à Câmara Legislativa projeto permitindo o governo a utilizar os recursos dos fundos distritais, na ordem de R$ 140 milhões, na conta única do Tesouro.

Isso significa, sem prejuízo das atribuições e das ações desenvolvidas pelos fundos, uma flexibilidade maior ao governo para administrar tais recursos e tomar providências imediatas, como o pagamento de salários dos servidores.

A partir de março, iremos contar com uma parte dos recursos da arrecadação do IPVA [Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores] e do mutirão de execução fiscal, a ser realizado de 18 a 23 de março. Com isso, vamos conseguir antecipar em dois meses o pagamento dos atrasados (férias, décimo-terceiro e horas-extra) dos servidores da saúde e da educação, quitando os débitos do governo anterior até o final de abril.

FONTE: Facebook Rodrigo Rollemberg